VOCÊ SEGUE VERDADES OU SEGUE PESSOAS?

Este texto pode mudar sua vida para melhor e evitar, talvez, algumas grandes besteiras que talvez viesse a fazer. Então deixe de preguiça e leia com muita atenção…

Filho(a), algo que sempre ensinei é que se acredita em fatos, em acontecimentos, e em raríssimos casos em palavras. Principalmente quando tais coisas vem de mulheres, por que são mais emotivas que os homens, porque quase que sempre são guiadas pela emotividade.

No mundo competitivo de hoje, nesta sociedade capitalista , ser engolido pelo sistema e se esquecer dos princípios que vivia e das pessoas que realmente tiveram OBRAS que ergueram pessoas caídas e direcionaram as pessoas perdidas, é fácil! Basta você se descuidar um pouquinho só que a mente racional vem pelas portas dos fundos racionalizando para criar justificativas para se justificar mediante as novas atitudes e pensamentos que em sua fraqueza, começou a admitir.

O Céu Nossa Senhora da Conceição é uma Obra ou que se ama ou que se odeia, porque brilhamos de fato, porque demonstrando a Verdade de fato, porque testificamos a Verdade de fato até cientificamente !

Nesta Obra, ao longo de 13 anos, chegaram e ficaram inúmeras pessoas, mas também chegaram e se foram inúmeras outras. Muitas delas amávamos e sentimos sua falta, mas foi a escolha que ela fez e nós escolhemos seguir em frente, continuar o caminho.

Quantas pessoas se assustaram com as Verdades do Universo e então escolheram seguir o budismo atual, onde apregoam existir o carma, o débito espiritual, os infernos de buda, onde ficam na tagarelice e na masturbação mental do que disse seus mestres, ao invés de arregaçar as mangas da camisa e por a mão na massa em recupera, direcionar e levantar, aos danificados, aos perdidos e caídos ? Foram muitas! Covardia ? Claro que é, mas escolheu isso ao invés de persistir e conquistar, então o problema foi a escolha feita.

Mas e você, qual será a ESCOLHA que vai FAZER ?

Porque nesta Obra sempre ensinei as pessoas a andarem de peito aberto, a serem esforçados, francos e honestos. Se está com alguma dúvida de algo que julga sério, pergunte abertamente de forma clara e objetiva, mas se prepare também para ouvir a verdade tal qual será, porque pode ser decepcionante. Você pode descobrir que pessoas que muito amou e até se espelhou nelas, hoje entregaram os pontos escolhendo priorizar o dinheiro, o ter, o possuir, ou seja, tudo aquilo que um dia a levou à tristeza, ao desgosto por tudo, à depressão e talvez mesmo à tentativa de suicídio. Então filho(a), que escolha fará?

Vai seguir pessoas que um algo fizeram mas hoje só falam ou as pessoas que um dia fizeram e continuam fazendo ? Uma coisa é certo querido(a), a escolha que fizer no presente é que moldará sua realidade futura.

Sabe gente, em 2005, já com algumas igrejas irmãs formadas, fiz uma peneirada nesta Obra e proibi algumas pessoas de virem aqui, bem como desliguei algumas outras que pegavam quase que de graça comigo, ayahuasca em quantidade. Então, algumas outras pessoas que amavam e admiravam a estas que pedi que seguissem o caminho que quisesse desde que não fosse aqui comigo, numa crise de insensatez, também saíram, mas ao invés da perguntar diretamente, abertamente, clara e objetivamente, ficaram caladas apenas e saíram sem conhecerem de fato as razões que levaram aos acontecimentos.

Muitas destas, a grande maioria de fato, um ano apenas depois, também não estava mais junta da referida pessoa, e seguiu para o budismo, para o kardecismo e outros ismos da vida. Hoje, tantos anos depois, elas retornaram ao Céu Nossa Senhora da Conceição e reconhecem as péssimas escolhas que fizeram lá atrás, ao qual culminou em tantas tempo perdido , desperdiçado. Diversas delas me disseram coisas bem parecidas. Tentarei fazer um resumo, uma síntese do que todas me disseram por diversas vezes. Então montarei um texto baseado na síntese das memórias que tenho dos episódios.

Síntese das memórias:

” Quando saí destra OBRA fui para o Budismo, a princípio gostei, porque apenas lia, discutia a doutrina budista, fazia exercícios mentais, tinha as novidades de técnicas mentais etc, e ninguém me dizia que eu era um ser divino, um ser criador, que todos somos o mesmo, ninguém me dizia e nem vivia aquilo que trazia a consciência de uma responsabilidade forte perante a humanidade, então relaxei e gostei!

Mas pouco tempo depois estava acreditando no débito espiritual de outras vidas, no carma como justificativa para uma vida feliz e próspera ou triste e miserável. Antes, quando andava na responsabilidade divina perante o mundo, como ensina e vive o Céu Nossa Senhora da Conceição, eu me esforçava todos os dias, mas era completo e feliz. No budismo, estava cheio de explicações, mas com o passar do tempo me tornei vazio e incompleto. Por isso retornei para esta Obra!”

Então preste bem atenção filho(a), porque vou te dar uma luz:

Tal qual como sempre ensinei e forço sim as pessoas que aqui frequentam a testarem o que digo para então poderem viver a experiência da verdade que afirmo, é que Deus se encontra exclusivamente dentro de você, unicamente dentro de você, jamais fora de você, jamais em qualquer forma de doutrina ou religião. Por isso você não irá encontrar Deus ou Mente Universal no Budismo, no kardecismo, no Evangelismo, no Hinduísmo, no Catolicismo etc. Quem conseguiu um intimo contato com o seu Divino Interior, filho(a), taxativamente jamais seguirá qualquer forma de doutrina ou religião, de fato escolherá morrer a seguir tais coisas, porque sabem que tais coisas são de fato prejuízo para o Despertar para o Espírito.

Quem atingiu um intimo contato com o seu Divino interior, já compreendeu que de fato a Mente Universal ou Deus é Absoluto, Amor e Felicidade. Que Deus nos ama da forma mais extraordinária possível, que é simplesmente realizando nossos desejos, aos quais são expostos através de nossos pensamentos, palavras e atitudes.

Portanto, quem atingiu um intimo contato com o seu Divino interior sabe que literalmente a Mente Universal ou Deus, por ser de fato Absoluto, Amor e Felicidade, para reger com supremacia, definitivamente não precisa de leis, débitos, cobranças, depurações e umbrais, punições e infernos.

O primeiro Buda, Sidarta Gautama, sabia de tudo isso que acabei de escrever, e ensinou exatamente tudo que escrevi acima. Mas depois que faleceu, poucos anos depois e não mais que isso, seus seguidores já criaram dissidências e foi exatamente assim onde inseriram na doutrina do budismo dos débitos cármicos, os infernos da mente etc.

Foram exatamente estes seguidores que não atingiram um intimo contato com o seu Divino Interior, que descuidados com a mente racional ou ego, fizeram estas interpelações que até os dias atuais são disseminadas tão equivocadamente como sendo as verdades libertadoras de buda, ao passo que não passam de mais uma doutrina e religião que impedem o voo libertador do Espírito.

Sidarta Gautama ensinou que no plano material, que é onde encarnamos, a única lei regente é Causa e Consequência, é Causa e Efeito, é Plantar de Colher, que é Pensar e Criar!!! Que escolher, zelar e cuidar dos seus pensamentos, é a única forma de se viver o Absolutismo de Deus ou Mente Universal, pois você pensa e você cria.

O Tibete seguiu o mesmo budismo equivocado de hoje, se esquecendo dos ensinamentos reais e iluminados de Sidarta, e pagou um alto preço por isso, um alto preço por serem descuidados em seus pensamentos, palavras e atitudes, pois foram dominados e exterminados pela china materialista enquanto o líder espiritual e toda sua corte escolheram fugir ao invés de morrer com seu povo. Este é o fato e isso é inegável que aconteceu assim.

São seus pensamentos, palavras e atos que moldarão a realidade que viverá. São os pensamentos, palavras e atos que reunidos, moldarão a realidade que viverá um povo, uma região, um país.

O que se sucedeu ao Tibete é simplesmente o resultado ou consequência da forma com que o povo de lá pensou, falou e agiu, segundo o que aprenderam e seguiram através da religião budista que dominava o país.

Infelizmente os tibetanos seguindo a religião budista tal lhes eram ensinados, que é a mesma de hoje espalhada no planeta, aprenderam a pensar, falar e fazer somente para si e não a pensar, falar e fazer também pelos demais.

E como cada um escolhia, cuidava e zelava segundo e somente seus próprios interesses individuais, coisas como a segurança coletiva ficava em segundo plano, porque saia dos interesses individuais das pessoas e governantes. Os riscos geográficos e político de onde se encontra ficou em segundo plano, porque saia dos interesses individuais das pessoas e governantes.

O fato é que os tibetanos ao se descuidarem da forma de Pensar, Falar e Agir também para com os demais, eles criaram e fortaleceram por anos a fio a CAUSA que culminou na invasão chinesa que os destruiu e exterminou como CONSEQUÊNCIA; na AÇÃO que culminou na invasão chinesa que os destruiu e exterminou como REAÇÃO; na SEMENTE que culminou na invasão chinesa que os destruiu e exterminou como COLHEITA…

Então filho, vai se prender na VERDADE daquele que hoje ficam pensando, falavam e fazendo somente para si e nada pelos demais, mesmo que um dia tenham feito algo… Ou vai se prender na VERDADE daqueles Pensam,, falam e fazem por si e pelos demais, que já pensavam, falavam e faziam no passado e continuam pensando, falando e fazendo no presente ?

A escolha de como pensar, falar e fazer é totalmente sua querido(a), mas o efeito, reação ou colheita também é totalmente teu… Então juízo menino(a)!


Xamã Gideon dos Lakotas

Deixe um comentário